Mudar é essencial para a evolução da companhia

ScreenShot022por Simone Costa, diretora-geral e fundadora da Dextera Consultoria

As mudanças organizacionais, assim como as mudanças que ocorrem em nossas vidas, são essenciais para a evolução. E elas estão sempre presentes, sejam corriqueiras como alterações no quadro funcional (admissões e realocações de funcionários), ou mais profundas, como ocorrem em processos de fusão e aquisição, implantações de novos sistemas de gestão, alterações de políticas e procedimentos, por exemplo.

Nesses contextos, é preciso estar preparado para a mudança, mas, muito mais que isso, as empresas precisam de gestores aptos para empreender as transformações necessárias. As pequenas mudanças organizacionais são incorporadas facilmente, mas aquelas mais relevantes, que afetam um grande público e que geram impactos mais profundos na vida das pessoas precisam de uma boa estratégia de implementação para aumentar a chance de sucesso. A Dextera Consultoria trabalha com o intuito de auxiliar empresas e gestores a empreender mudanças de maneira mais efetiva e com sucesso. Hoje, vemos o mercado brasileiro começando a utilizar metodologias formais com ferramentas de gestão já discutidas à exaustão em países europeus e nos EUA.

Um dado preocupante, divulgado pela consultoria britânica Changefirst, que possui aliança com a Dextera Consultoria para a América Latina, aponta que cerca de 70% das iniciativas de mudança falham ao alcançar o que foi prometido, e isso se deve ao fato de a empresa estar desalinhada com os objetivos da mudança. Os resultados de uma pesquisa realizada em 2009 pela Changefirst (Change in a downturn), abrangendo cerca de 2 mil participantes em 26 países, indicam que, frequentemente, a liderança é vista como o principal problema das mudanças que não tiveram sucesso.

Resistir faz parte do ser humano. Resistimos principalmente quando a mudança vem alterar nosso status quo, afetar nossa comodidade e nos tirar da zona de conforto. Na empresa, não é diferente – a resistência à mudança também acontece, pois o medo do novo está diretamente associado à perda de controle da situação. É comum muitos profissionais se perguntarem qual será o papel deles nesta nova fase da empresa. O medo de perder o controle e fracassar acaba minando o profissional e transformando a atitude proativa em negação. É neste momento que a liderança deve atuar de maneira conciliadora, buscando oferecer segurança e criando um ambiente propício para mudança.

O gestor capaz de empreender mudanças precisa saber lidar com o cenário, atuando como uma figura inspiradora, não só tranquilizando os colaboradores, como incentivando-os a participar e colaborar com a mudança. A comunicação também tem um papel fundamental. Se o discurso for consistente e compartilhado entre a alta gestão, certamente minimizará as resistências e evitará distorções geradas pela famosa “rádio peão”. O porquê da mudança, quais os benefícios, os impactos e até os riscos de não mudar devem ser esclarecidos para todos. Adotar uma comunicação de duas vias e ouvir as partes interessadas ajudará no processo. Quando as pessoas têm a informação e a compreensão do que está acontecendo, o sentimento de perda de controle é menor.

As mudanças organizacionais estão se tornando cada vez mais complexas e frequentes. A busca por melhoria de desempenho, rentabilidade e vantagens competitivas têm elevado os níveis de exigências e estresse sobre as pessoas. Saber conduzir e gerenciar mudanças é uma competência essencial aos gestores de hoje. Eles precisam estar preparados e motivados para cuidar de tantas variáveis que interferem num projeto. Um bom direcionador é utilizar metodologias formais e, caso seja necessário, buscar um processo estruturado de coaching que os ajudará a desenvolver habilidades, comportamentos e prontidão emocional para lidar com seus próprios desafios, prever a reação das pessoas e persuadi-las para a mudança. Estes são alguns cuidados que podem ser tomados e que podem contribuir com o sucesso do projeto e a adesão das pessoas à mudança.

O texto acima foi publicado na Istoé Dinheiro, confira no seguinte endereço http://guilhermebarros.istoedinheiro.com.br/2013/01/18/mudar-e-preciso/

Anúncios

Comente aqui a sua ideia

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: