Como ser mais resiliente durante a mudança?

A resiliência, que na natureza por ser comparada ao bambu – verga, mas não quebra e ainda tem raízes profundas – é utilizada na psicologia corporativa para caracterizar pessoas que têm a competência de retornar rapidamente ao seu equilíbrio emocional após sofrer grandes pressões ou estresses. Virou, inclusive, um dos pontos mais importantes nos processos de seleção.

BAMBU (1)Em ambientes corporativos de transformações frenéticas, essa característica passa a ser imprescindível aos agentes de mudança, sponsors e líderes, que, primeiramente, precisam lidar com seus próprios receios e desafios pessoais para mudar comportamentos, atitudes e/ou atividades, para depois poder ajudar aos demais públicos impactados a passarem pela mudança organizacional sem traumas.

Você sabe quais são as sete características que ajudam você a se tornar mais resiliente? São elas: otimismo, autoconfiança, foco, abertura a novas ideias, busca de suporte, estruturação e proatividade. Aprofunde nesse tema e saiba como uma metodologia formal de gestão de mudança pode ajudar na condução dos processos de transformação, buscando minimizar os impactos para os públicos envolvidos.

Conheça a Metodologia PCI® (People-Centred Implementation) da Changefirst® no Workshop Especialista em Mudança, que acontece no Rio de Janeiro em 25, 26 e 27 de agosto. Ainda dá tempo de se inscrever! Visite o site da Dextera e entre em contato.

Anúncios

Comente aqui a sua ideia

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: